Central de Atendimento
                                                  Fone.:
(32) 3215 6333 

                                                  E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.   

Orientação para Dieta

Orientações para Dieta Noções Gerais:

Nessa dieta estão incluídos os alimentos essências para alimentação.
Lembre-se “Comer muito não significa se alimentar-se bem”.
”Não existe alimento isolamente completo”.
”O excesso do açúcar e gordura. fornece grande quantidade de colorias, sendoprejudiciais à saúde.”

Os Alimentos e suas funções

Os alimentos são formados por substancia nutrientes, que exercem diversas funções no mecanismo.

Proteínas Construtores 
Açúcar e gordura Energéticos 
Vitaminas, água sais minerais Regulares

Observações

1- Observar as qualidades indicadas, medindo ou pensando os alimentos crus.

2- Variar o cardápio com as substancias dadas, de acordo com os grupos dos alimentos.

3- Usar: sal limão vinagre cebola, alho, cheiro-verde, picles, azeitona, ervas, pimenta, à vontade.

4- Usar: óleo vegetal, algodão, arroz, soja, milho.Não usar banha, toicinho, manteiga.Usar margarina.

5- Não usar açúcar.Usar, se necessário, adoçantes naturais (Finn, Zero Cal, SteviaD1 ou frutose).

6- São proibidos: pão doces massa bolos chocolates sorvetes refrigerantes, bebidas, alcoólicas frituras, alimentos, gordurosos, açúcar.

7- Produtos dietéticos poderão ser usados, em casos especiais, somente com autorização médicas.

8- Fazer quatro refeições ao dia: café de manhã, almoço, lanche e jantar.

9- Comer refeição igualmente distribuída, quando a quantidade de alimentos.

10- Lembrar que uma porção pode ser composta por unidades deferentes, de pendendo do tipo de alimento.

Informações Importantes

1_ Durante a dieta poderão ocorrer sintomas de: boca amarga, tonturas, sensações de fraquezas, sonolência.Estas manifestações são dividas as alimentações metabólicas que ocorrem em seu organismo, durante a dieta.”Lembre-se de não permanecer períodos longos de jejum. Intervalos de 4 horas”.

2- Também poderão ocorrer alterações em seu comportamento emocional, tais como: nervosismo, irritação, insônia, embora muito raramente passageiro.

Estas manifestações são devidas as mudanças no hábito alimentar e á expectativa da dieta e seus resultados. 
3- A sua dieta não deve sofrer interrupções, mesmo nos fins de semana, você pode adequar sua alimentação, inclusive em restaurantes.
Havendo interrupções; ocorrerão quebra no condicionamento psicológico e alterações metabólicas, tanto na parada como no reinicio da dieta.

4- Não verifique seu peso constantemente, aguarde o dia da avaliação médica.

5-As reavaliações médicas devem ser feitas entre 40e 60 dias, até atingir o e peso ideal.
Mesmo não tendo conseguido um bom resultado o retorno dever ocorrer, pois dessa maneira, a(s) as causa(s) do insucesso poderá(ão) ser avaliada(s).

6- Após atingir o peso ideal, alimentação de manutenção não significa regime por toda a vida, pois novos alimentos, anteriormente restritos, ponderação ser ingeridos.

7-Água, chá e café desde que adoçados convenientemente podem ser usados à vontade, nunca junto às refeições.
Deverá ser observado no mínimo um tempo de 60 minutos, longe das refeições.

8-A bebida alcoólica deve ser restrita.

9- A atividade física é fundamental e deve ser executada sempre com acompanhamento e orientações médicas ou especializadas.

10- Estatisticamente a maioria dos obesos, não consegue atingir o objetivo final, ficando pelo caminho.
Mude esse conceito – faça valer sua força de vontade.
Atinja seu objetivo- tenha determinação- seja perseverante-não desista.
Por maiores que sejam as dificuldades, elas serão temporárias, enquanto que a obesidade quando não tratada, traz frustrações, ansiedade e expectativas permanentes, além de ser um fator de risco importante.

Classificação dos alimentos

Grupo 1: 

 Grupo 2: 

 Grupo 3: 

 Grupo 4: 

 Grupo 5: 

 Grupo 6: 

 Grupo 7: 

 

 

Faça seu Login